Última reunião da CEE sobre segurança nas escolas e postos de saúde municipais

Vereador André faz a última reunião da CEE sobre segurança nas escolas e postos de saúde municipais

    Agora, será feito o relatório final que será encaminhado á administração municipal com sugestões para providências.

    O vereador André Luiz da Silva, presidente da Comissão Especial de Estudos sobre a segurança nas escolas e unidades de saúde do Município realizou a última reunião da comissão na sexta-feira, 17/6. O convidado foi o professor Donizeti Aparecido Barbosa, vice-presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Ribeirão Preto. Estiveram presentes ainda os vereadores Rodrigo Simões e Ricardo Silva.

  O professor explicou que o sindicato acompanha a questão da segurança e classifica como “calamitosa” a situação e que muitos funcionários têm medo de trabalhar em vários desses locais.

  Donizeti Aparecido Barbosa disse que existem vários tipos de violência: aquela praticada por ladrões e vândalos, a falta de funcionários como o antigo inspetor de alunos e a falta de vigias.

    De acordo com ele, existem 108 escolas municipais, 50 unidades de saúde e 122 prédios utilizados pelo Poder Público Municipal.

   “Cada local deveria ter pelo menos três seguranças o que daria cerca de 500 agentes bem treinados. Falta muito para a Prefeitura chegar a esse número”.

  À comissão, o professor disse ainda que há três providências urgentes: contratação de mais agentes treinados; melhorar o monitoramento com câmeras e levar os muros em torno desses prédios públicos.

    Ao final, vereador André disse que o próximo passo é o Relatório Final, documento com o resumo das atividades da CEE. A comissão ouviu as secretarias municipais da Educação e da Saúde, representantes da Guarda Municipal e Polícia Militar além do Conselho Municipal de Segurança.

   “Além do Relatório Final, que será encaminhado aos órgãos competentes, faremos sugestões de políticas públicas para tentar resolver esse grave problema da segurança nas escolas e nos postos de saúde do Município.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *